Inseminação Intrauterina

08 de agosto de 2018 por jallescaetano

Técnica simples, não requer nenhum tipo de anestesia, consiste no preparo e na capacitação do sêmen em laboratório, para, posteriormente, ser colocado através de cateter no interior da cavidade uterina, no momento da ovulação. A técnica é indicada nos casos de fator masculino leve, na infertilidade sem causa aparente (ISCA), na falha de coito programado ou para utilização de sêmen congelado ou de doador. A integridade das trompas é um dos requisitos para realização desta técnica. Pode ser necessária mais de uma inseminação por ciclo.